A essencialidade do Plano Individual de Atendimento (PIA) para garantia da proteção social no SUAS.

A essencialidade do Plano Individual de Atendimento (PIA) para garantia da proteção social no SUAS.

A consolidação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no Brasil propõe o reconhecimento das situações de vulnerabilidade e risco presentes no cotidiano das famílias e indivíduos. A partir desse reconhecimento devem ser traçadas formas de atendimento e/ou acompanhamento para seu enfrentamento, superação e garantia de Proteção Social. Diante disso, por mais que no formato atual de organização da Política de Assistência Social a ação deva estar centrada na família e não limitada a atender demandas pontuais, situações específicas a condição de exposição de indivíduos a riscosContinue lendo

A importância da interdisciplinaridade nas equipes de referência do SUAS

A importância da interdisciplinaridade nas equipes de referência do SUAS

Como já abordado em outros posts aqui no blog, a gestão do trabalho é uma estratégia para a efetivação do SUAS, sendo necessário avançar contra a precarização das relações de trabalho no  âmbito  da Assistência Social. Para tanto são afirmados compromissos por meio das regulamentações e normativas do SUAS, visando a qualificação da prestação de serviços a partir da ampliação da capacidade de resposta diante das demandas de Proteção Social. Portanto, para garantia de respostas adequadas às demandas da população usuária dos serviços do SUASContinue lendo

Como implantar ações de Proteção Social Básica à partir do território

Como implantar ações de Proteção Social Básica à partir do território

Por Ana Paula Flores e Marisabel Luchesi O sistema de proteção social brasileiro, a seguridade , é definida na Constituição Federal de 1988, em seu artigo 194,  como um “um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social” Na política pública assistência social, essas ações de proteção social se concretizam por meio de serviços, programas, projetos e beneficios socioassistenciais. As ações respondem, ou deveriam responder às necessidadesContinue lendo

QUAL A IMPORTÂNCIA E FUNÇÃO DA EQUIPE VOLANTE NO CRAS?

QUAL A IMPORTÂNCIA E FUNÇÃO DA EQUIPE VOLANTE NO CRAS?

Neste texto conversaremos sobre como é necessário contar com uma equipe suficiente para atendimento e acompanhamento pelo PAIF nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Primeiramente vamos retomar o que foi apresentado em outro texto aqui mesmo no Blog do GESUAS sobre as equipes de referência Leia aqui: Equipe de Referência ou Equipe Mínima? O que diz a Nob-RH do SUAS. COMPOSIÇÃO DAS EQUIPES DE REFERÊNCIA DO CRAS A quantidade de profissionais para compor a Equipe de Referência do CRAS deve considerar a quantidadeContinue lendo

A ausência do Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas e seus impactos no PAIF

A ausência do Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas e seus impactos no PAIF

Preconizado na Tipificação Nacional dos Serviços Sociassistencias (2009), o Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas, tem por objetivo viabilizar a proteção social, ofertada pela política de assistência à esta parcela da população que muitas vezes, em razão da deficiência, doenças e/ou idade avançada, possuem mobilidade reduzida e logo, dificuldade de acesso à assistência e outras políticas públicas. As barreiras que se impõem à estas pessoas se estendem à ambientes sociais em geral, uma vez que nossa sociedade é,Continue lendo