Conheça a história de sucesso de Saltinho – SC

Conheça a história de sucesso de Saltinho – SC

Já pensou se fosse possível em pouco mais de um mês resolver os principais problemas da sua secretaria de Assistência Social? Quando assumiu a Secretaria de Assistência Social de Saltinho, cidade no extremo oeste de Santa Catarina, Mateus Kuhn encontrou um cenário desafiador. Era 2017 e os prontuários, como na maioria dos municípios, eram em papel e não se sabia nem quantas famílias eram atendidas pela pasta. Estimava-se que estavam entre 180 e 220, mas hoje, no entanto, sabe-se que o número supera as 500 famílias.Continue lendo

O que é o CadSUAS e porque eu devo atualizá-lo?

O que é o CadSUAS e porque eu devo atualizá-lo?

O Cadastro do Sistema Único de Assistência Social (mais conhecido como CadSUAS) é um sistema do Ministério da Cidadania que centraliza os dados cadastrais da rede socioassistencial e trabalhadores do SUAS em todo o território nacional. Sua função é reunir informações dos equipamentos mantidos pela própria Secretaria Municipal de Assistência Social (ou equivalente), Fundo Municipal,  Conselho Municipal e também órgãos conveniados, como as entidades socioassistenciais. Nele, deve constar dados como endereço, funcionários e até as funções de cada um dos profissionais da política socioassistencial. Por reunirContinue lendo

A Proteção Social Especial sem um CREAS

A Proteção Social Especial sem um CREAS

A Assistência Social se organiza por níveis de proteção. Nós já sabemos: a Proteção Social Básica, com caráter preventivo, e a Proteção Social Especial que é acionada quando há situações de risco e/ou violações de direitos. Assim, a Proteção Social Especial (PSE) é caracterizada por um conjunto de serviços, projetos, programas que objetivam a reconstrução de vínculos comunitários e familiares, bem como a defesa dos direitos sociais, fortalecimento de potencialidades e aquisições, e a proteção integral das famílias e dos indivíduos no enfrentamento das diversasContinue lendo

Medidas socioeducativas: responsabilizar é diferente de punir

Medidas socioeducativas: responsabilizar é diferente de punir

Notícias de adolescentes que cometeram atos infracionais são bastante comuns. Porém, é raro deparar-se com alguma publicação que os trate como sujeitos em fase de peculiar desenvolvimento e que observe as circunstâncias que culminaram na situação apresentada. A visão limitada que crítica as providências que não punem severamente, mas que buscam contribuir para a reflexão e melhora do comportamento desses adolescentes é presente em nossa sociedade. Entretanto, é inegável que as Medidas Socioeducativas se configuram como um grande avanço para a efetivação dos direitos doContinue lendo